Páginas

27 de fevereiro de 2016

Museu da Gastronomia Baiana

Logomarca do Museu da Gastronomia Baiana
Foto Logo
Para quem gosta da área de gastronomia vale a pena conhecer o Museu da Gastronomia Baiana - MGBA.

O espaço fica localizado num casarão bem charmoso no Pelourinho. 

Ao entrar no salão principal já se avista uma parede bem diferente, são pedaços das Muralhas de Santa Catarina que cercavam a cidade no século XVII e tinham como função proteger a cidadela (cidade fortaleza) que fora construída dentro dela.

Foi com a derrubada desta muralha que surgiu o Largo do Pelourinho, em 1760. É um pouco da história da nossa cidade preservada.

Em seu acervo, o museu conta com uma exposição permanente, composta de painéis criados por fotógrafos renomados e que versam sobre temas relacionados ao universo gastronômico. A maneira de comer, as baianas de acarajé, as festas de largo são exemplos dos temas retratados.

É composto ainda de instalações fixas que retratam o Acarajé e Mandioca e vitrines rotativas para homenagear personalidades que contribuíram para a formação da gastronomia baiana.

E Além de todo o charme do Museu, ele faz parte de um complexo cultural formado por uma Loja Doces e Livros, um espaço voltado para a venda das publicações do Senac, o Restaurante Escola do Pelourinho, onde se pode saborear muitos dos pratos da comida baiana e o Teatro Sesc Senac com sua programação própria.

Uma passeio interessante para turistas e baianos. 

Acervo do Museu de Gastronomia Baiana
Banca de Pote - Acervo
O museu funciona de segunda a sábado das 09 h as 17 h e a sua entrada é gratuita.



Endereço: Largo do Pelourinho, n 13/19.

9 de fevereiro de 2016

Suco de Limão com Coco

Frutas: Coco e limão


A comida de rua é muito presente aqui em Salvador. E eu não estou falando do movimento mais recente do Food Truck, mas sim das comidas que são vendidas em barraquinhas, em carros, em vasilhas plásticas na garupa da bicicleta, nos tabuleiros e de muitas outras formas.

Independente das questões legais que envolvem o comércio informal e das regras sanitárias (muito importantes) sempre tem um lugar que o soteropolitano conhece e que vende aquele café da manhã, o lanche ou a quentinha para almoço.

E melhor do que conhecer é descobrir um novo lugar destes.

Depois de algumas dicas fui ao Pelourinho em busca do Suco de Coco com Limão do Seu Milton.

A muito tempo esta iguaria faz parte do cenário do Pelourinho e o carrinho do vendedor é sempre encontrado pelas imediações da Fundação Casa de Jorge Amado. 

5 de fevereiro de 2016

Sorveteria A Cubana

A Sorveteria A Cubana é um daqueles comércios bem tradicionais da nossa cidade. A sua loja matriz fica na saída do Elevador Lacerda, na Cidade Alta - Praça Tomé de Souza, ou seja está integrada num ponto turístico e passar por lá faz parte do passeio de quem visita a cidade.

São 03 lojas ao todo, a do Elevador, a do Pelourinho e a da Pituba. Confesso que pela tradição só conhecia as duas primeiras, mas a loja da Pituba também é bem cotada. Tem um estilo mais moderno.


Simbolo da Sorveteria Cubana
Simbolo da Sorveteria da Pituba

A Sorveteria foi fundada em 1930 e foi adquirida em 1942 pelo Espanhol José Bouzas Miguez e até hoje vem sendo cuidada por sua família.